Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Novamente Geografando

Este blog organiza informação relacionada com Geografia... e pode ajudar alunos que às vezes andam por aí "desesperados"!

Novamente Geografando

Este blog organiza informação relacionada com Geografia... e pode ajudar alunos que às vezes andam por aí "desesperados"!

17 belezas naturais de um mundo cada vez mais stressante

Mäyjo, 14.11.13

17 belezas naturais de um mundo cada vez mais stressante (com FOTOS)

 

O nosso dia-a-dia stressante deixa-nos pouco tempo para nos dedicarmos à natureza. Muitas vezes, esse mesmo dia-a-dia leva-nos a esquecer o quão simples e bonito é o nosso Planeta – aquele que ainda se mantém original.

As próximas 17 fotografias representam esta beleza que, todos os dias, nos esquecemos. São locais distantes, paradisíacos, que representam a pequena parte do Planeta que ainda não foi destruída pelo homem, quer pela sua inacessibilidade quer pelas leis que a protegem.

 

Cratera Pingualuit, CanadáCratera Pingualuit, Canadá

Giant Causeway, Irlanda do NorteGiant Causeway, Irlanda do Norte

Glaciar Upsala, Argentina

Glaciar Upsala, Argentina

Grand Prismatic Spring, Estados UnidosGrand Prismatic Spring, Estados Unidos

Grande Buraco Azul, BelizeGrande Buraco Azul, Belize

Gruta Jeita, LíbanoGruta Jeita, Líbano

Lago Retba, SenegalLago Retba, Senegal

Mar Morto, Jordânia e IsraelMar Morto, Jordânia e Israel

508-1044Anatólia, Turquia, Ásia Menor


200543470-001USA, Arizona/Utah

A woman stands amongst a grove of a Gian Estados Unidos

White Cliffs_Dover_UKWhite Cliffs_Dover_UK Reino Unido

Skaftafell, IslânidaSkaftafell, Islândia

 

Uyuni, BolíviaUyuni, Bolívia

6040-002515

 

Zhangjiajie, ChinaZhangjiajie, China

Yucatan Cenotes, MéxicoYucatan Cenotes, México

 

in: Green Savers


O porto mais movimentado do mundo

Mäyjo, 14.11.13

O porto mais movimentado do mundo (com FOTOS e LISTA)

 

Caro leitor, olhe para a sua volta. Provavelmente, algumas das coisas que vê na sua sala, secretária ou escritório, já estiveram no porto de Xangai, o mais movimentado do mundo.

Pelo porto de Xangai passam, todos os anos, 32 milhões de contentores, que carregam 736 milhões de toneladas de bens para todo o mundo – uma estratégia que caminha para a insustentabilidade.

Para vermos uma única das fotos que publicamos abaixo para perceber a dimensão do comércio global, a forma como os produtos chegam às nossas mãos. E Xangai, ainda que o maior porto do mundo, é apenas um das dezenas de portos de grande dimensão.

O valor total das importações e exportações chinesas atingiu os €2,8 biliões (R$ 8,4 biliões) em 2012, ultrapassando, por exemplo, os Estados Unidos. Muito deste valor deve-se ao porto de Xangai, que se situa numa área de 3,9 quilómetros quadrados, o equivalente a 470 campos de futebol.

 

Veja a lista dos dez portos mais movimentados do mundo.


1.Xangai, China (31,7 milhões de contentores/ano)

2.Singapura, Singapura (29,9 milhões)

3.Hong Kong (24,3 milhões)

4. Shenzhen, China (22,5 milhões)

5. Busan, Coreia do Sul (16,1 milhões)

6.Ningbo-Zhoushan, China (14,7 milhões)

7.Guangzhou, China (14,2 milhões)

8.Qingdao, China (13 milhões)

9.Dubai (13 milhões)

10.Roterdão, Holanda (11,8 milhões)

 

Xangai_1 Xangai_3 Xangai_4

EUA: reciclagem de têxteis equivale a retirar um milhão de carros das estradas

Mäyjo, 14.11.13

EUA: reciclagem de têxteis equivale a retirar um milhão de carros das estradas

 

Um recente relatório da Agência de Protecção Ambiental dos Estados Unidos identifica os têxteis como uma importante fonte de emissões de gases com efeito de estufa no país. A reciclagem de roupas nos níveis actuais seria equivalente a retirar um milhão de carros por ano das estradas.

Para além da reciclagem do vidro, plástico, alumínio e papel, a agência acredita que o tecido deve tornar-se no próximo material a ser retirado dos aterros sanitários. Estima-se que 6,5% do lixo que entra nas lixeiras dos EUA sejam tecidos que podem ser reciclados. Por outro lado, a cada ano, dois milhões de toneladas de roupas são recuperadas, revela o Ecouterre.

Secondary Materials and Recycled Textiles adianta que todas as roupas secas e livres de odores podem ser recicladas ou doadas – a qualquer instituição de caridade ou a um reciclador com fins lucrativos. As mentes mais criativas são incentivadas a utilizar as sobras de tecidos ou as peças desperdiçadas em projectos que dêem uma nova vida a estes têxteis e apoiem o artesanato local.

Este é mais um incentivo para a aposta em lojas de segunda mão e de roupa vintage.

 

Foto: Sob licença Creative Commons


in: Green Savers